Ocorreu um erro neste gadget

quarta-feira, 16 de fevereiro de 2011

planejamento para Creche

Maternal I

OBJETIVO

1. Desenvolver os movimentos amplos: saltar, pular, andar...

2. Desenvolver os movimentos finos que envolvam as mãos, adquirindo controle e expressão gráfica com a progressão de exercícios que irão auxiliar no futuro aprendizado da escrita e da leitura.

3. Desenvolver estímulos sonoros e auditivos através de operações concretas.

4. Ampliar vocabulário e linguagem como meio de comunicação, desenvolvendo a imaginação, criatividade, organização de idéias.

5. Identificação do nome próprio.

6. Identificação das letras do nome próprio.

7. Identificação das vogais.

CONTEÚDO

1. Coordenação Motora Ampla.

2. Coordenação Motora Fina.

3. Discriminação Auditiva e Visual.

4. Expressão Oral (histórias, contos, músicas, teatro, etc).

5. Estudo do nome próprio.

6. Estudo das letras do nome próprio.

7. Apresentação das vogais.

ESTRATÉGIA

1. Através de jogos, brincadeiras e atividades lúdicas envolvendo operações concretas.

2. Através de materiais pedagógicos, sucatas, brincadeiras, jogos e atividades visomanuais concretas (pinturas, desenhos, etc).

3. Utilização de recursos audiovisuais como: músicas, histórias, parlendas vídeo, CD, figuras, rótulos, livros, portadores de textos, etc.

4. Leituras, interpretações, cantos, conversas, brincadeiras, jogos, recursos audiovisuais, livros, materiais pedagógicos, etc.

5. Apresentação de crachás, fichas, cartazes, desenhos, jogos e brincadeiras, etc.

6. Fichas cartazes, desenhos, materiais pedagógicos, jogos e brincadeiras.

7. Materiais pedagógicos, brincadeiras, atividades visomanuais concretas, etc.

AVALIAÇÃO

Avaliação será contínua, através da observação diária da criança, no desempenho de suas atividades, no desenvolvimento da atenção, interesse assimilação e aprendizagem.

O instrumento de avaliação será uma ficha de avaliação, que entregaremos aos pais durante as Reuniões.

OBSERVAÇÕES:



CARACTERÍSTICAS: Aproximadamente 2 a 3 anos.

• Egocentrismo.

• Descobertas: tato, movimentos, formas, pessoas, texturas, reprodução de sons, andar, comunicação, etc.

• Coordenação Motora: abrir, fechar, empilhar, encaixar, puxar, empurrar, etc.

• Fantasia, Invenção e Representação (imitação de situações conhecidas: escolinha, casinha).

• Criatividade

TIPOS DE BRINCADEIRAS:

• Brincadeiras referentes à educação sensório-motora (sentir/executar).

• Exploração, canto, perguntas e respostas, esconder.

• Brincadeiras sem regras.

• Brincadeiras com poucas regras simples.

• Utilização das formas básicas de movimentos (andar, correr, saltar, rolar, etc).

• Estimulação e motivação.

• Atividades lúdicas.

MATEMÁTICA

OBJETIVO

1. Introduzir o raciocínio lógico, através de suas estruturas.

2. Desenvolver a lateralidade através de estímulos, motivações e atividades de coordenação.

3. Desenvolver a capacidade de situar cronologicamente os fatos para organizar seu tempo e suas ações, orientando-se também no espaço.

4. Desenvolver coordenação motora através de atividades lúdicas, concretas, pedagógicas e visomanuais.

5. Reconhecer e discriminar estímulos visuais, interpretando-os e associando-os.

6. Reproduzir seqüências e seriações, ex: ordenar objetos do mais alto para o mais baixo.

7. Reconhecer e discriminar numerais. Desenvolver contagem de 1 até 10.

CONTEÚDO

1. Estruturas lógicas: discriminação – comparação – identificação – cor – forma – tamanho – conjuntos – quantidade.

2. Conceito de lateralidade.

3. Orientação Temporal Espacial: antes/depois, atrás/na frente/no meio/entre, aberto/fechado, na frente/de costas, em cima/embaixo, em pé/deitado/sentado, longe/perto, direita/esquerda.

4. Coordenação Motora.

5. discriminação audiovisual.

6. Seqüência e seriação.

7. Numeração:

• Números de 1 à 5

• Contagem de 1 à 10

ESTRATÉGIA

1. Utilização de materiais pedagógicos, sucatas, figuras, livros, jogos, brincadeiras, ...

2. Brincadeiras lúdicas, materiais pedagógicos, atividades audiovisuais.

3. Através do uso de materiais concretos, materiais pedagógicos, jogos e brincadeiras, registro de atividades.

4. Jogos, brincadeiras, músicas, atividades lúdicas, materiais pedagógicos, registro de atividades.

5. Recursos Audiovisuais: rádio, CD, TV, vídeo, músicas, histórias, cartazes, fichas.

6. Cartazes, fichas, jogos, brincadeiras, materiais pedagógicos, atividades lúdicas e de registro.

7. Materiais pedagógicos e concretos, jogos, brincadeiras, cartazes, fichas, desenhos, etc.

AVALIAÇÃO

Avaliação será contínua, através da observação diária da criança, no desempenho de suas atividades, no desenvolvimento da atenção, interesse assimilação e aprendizagem.

O instrumento de avaliação será uma ficha de avaliação, que entregaremos aos pais durante as Reuniões.

OBSERVAÇÕES:

Devemos desenvolver na criança a capacidade de pensar logicamente.

Trabalhar problemas relacionados ao seu cotidiano para melhor entendimento do meio em que vive.

A Matemática pode ser considerada uma linguagem simbólica que expressa relações espaciais e de quantidade. Sua função é pois, desenvolver o “pensamento”.

A medida que brinca com formas, com quebra-cabeças e com caixas que cabem dentro de caixas, a criança adquire uma noção do conceito pré-simbólico de tamanho, número e forma. Ao enfiar contas em um barbante ou colar figuras, adquire a noção de seqüência e de ordem. E quando utiliza as palavras “não cabe” e “acabou”, vai adquirindo a noção de quantidade.

“Esse trabalho deve se muito concreto, baseado no manuseio de materiais. Isso permito que as crianças se famialiarizem mais facilmente com os conceitos matemáticos.”

ESTUDOS SOCIAIS

OBJETIVO

1. Estimular o conhecimento da história Brasileira, através das Datas Comemorativas.

2. Desenvolver noção de hoje, ontem e amanhã, bem com o dia, a noite a relação com espaço/tempo.

3. Identificar, nomear e reconhecer a família e sua importância.

4. Estimulação do meio ambiente físico.

CONTEÚDO

1. Datas Comemorativas: Carnaval, Outono, Páscoa, Dia do Índio, Dia das Mães, Festa Junina, Dia dos Pais, Folclore, Independência, Inverno, Dia dos Animais, Dia das Crianças, Dia dos Professores, Proclamação da República, Primavera, Dia da Árvore, Natal e outros.

2. Calendário (relação espaço tempo).

3. Família.

4. Escola (ambiente/colegas).

ESTRATÉGIA

1. Contar histórias sobre o significado das Datas Comemorativas e a produção de lembrancinhas que traduzam a data em questão.

2. Produção de Calendário e exercício do mesmo ao iniciar a aula (manhã e tarde), e aniversários das crianças.

3. Nomeação, explicação e cartazes, através de estimulação de situação problema que envolva o conceito família.

4. Jogos e brincadeiras que explorem o ambiente e colegas.

AVALIAÇÃO

Avaliação será contínua, através da observação diária da criança no desempenho de suas atividades, no relacionamento com os colegas e com a professora.

O instrumento de avaliação é uma ficha de observações que será entregue aos pais todo Bimestre.

CIÊNCIAS

OBJETIVO

1. Desenvolver capacidade de auto-higiene corporal.

2. Identificar, reconhecer, localizar e nomear partes do próprio corpo.

3. Estimulação dos 5 sentidos.

4. Estimular o cuidado com a natureza.

5. Nomear e reconhecer diferentes animais.

6. Discriminação entre liso e áspero.

7. Apresentação de diferentes alimentos, diferenciando de doce e salgados.

CONTEÚDO

1. Higiene Corporal (mãos, dentes, uso do banheiro).

2. Esquema corporal.

3. Órgãos dos sentido: olhos (discriminação visual), ouvidos (discriminação auditiva), tato, olfato e paladar.

4. Horticultura e jardinagem.

5. Animais.

6. Texturas (liso e áspero).

7. Alimentos.

ESTRATÉGIA

1. Incentivar o lavar as mãos, escovar os dentes e ir ao banheiro sozinho, sempre que necessário, através de músicas e histórias que despertem o interesse das crianças.

2. Utilizando quebra-cabeça, músicas, figuras, bonecas e nomeação que desenvolvam o reconhecimento do corpo humano.

3. Exercícios, atividades e jogos que desenvolvam a visão, audição, tato e gustação.

4. Plantação de mudas e flores.

5. Através de figuras, desenhos, gestos musicais e histórias.

6. Através de objetos que mostrem tais diferenças, estimulando jogos e atividades.

7. Apresentação de alimentos.

AVALIAÇÃO

Avaliação será contínua, através da observação diária da criança no desempenho de suas atividades, no relacionamento com os colegas e com a professora.

O instrumento de avaliação é uma ficha de observações que será entregue aos pais todo Bimestre.

ARTES

OBJETIVO

1. Incentivar e desenvolver o hábito de desenho, estimulando assim a fantasia da criança.

2. Estimulação de confecção de brinquedos através da sucata.

3. Estimular a coordenação da criança e a criatividade com o uso da argila e massinha.

CONTEÚDO

1. Artes: desenho livre e pintura.

2. Sucata.

3. Argila e massinha.

ESTRATÉGIA

1. Utilização de lápis, pincéis, cola com muito incentivo, estimulando a criança através de elogios.

2. Material de sucata e criatividade do professor.

3. Apresentação de argila e massinha.

AVALIAÇÃO

Avaliação será contínua, através da observação diária da criança no desempenho de suas atividades, no relacionamento com os colegas e com a professora.

O instrumento de avaliação é uma ficha de observações que será entregue aos pais todo Bimestre.

OBJETIVOS SÓCIO-EMOCIONAIS

1. Desenvolve hábitos de asseio: pedir para ir ao banheiro, lavar as mãos, limpar o nariz, etc.

2. Habitua-lo a usar os clichês sociais. Exemplo: Por favor, muito obrigado, com licença, etc.

3. Permitir que a criança seja independente.

4. Deixa-la explorar ao máximo os objetos e brinquedos.

5. Levar a criança a brincar com os outros do grupo.

6. Fazer com que a criança não fixe em um único colega.

7. Mante-la ocupada.

8. Levar a criança a participar das atividades de grupo.

fonte: Ana Carolina Professores solidários.

sábado, 12 de fevereiro de 2011

coordenação motora fina e grossa:dicas

Para estimular a coordenação motora fina realize as seguintes atividades:

* encaixar: os jogos de encaixe são ótimos pois também estimulam a criatividade e você pode trabalhar também cores e quantidades usando os pinos;
* amassar: use massa de modelar e papéis diversos;
* pintar e desenhar: use materias diversos como lápis de cor, giz de cera, tintas, carvão etc. Deixe suas crianças soltarem a criatividades e ao final da atividade pergunte o que cada um desenhou, desta forma você já aproveita e trabalha a oralidade;
*modelar: utilize massa de modelar e argila;

Coordenação motora grossa: faça atividades que envolvam rolar, correr, pular, andar, engatinhar, subir, descer, escorregar, agachar. O parque é um ótimo recurso para o desenvolvimento dessas atividades.

Sugestões de atividades para coordenação motora...
Atividades na Área de Coordenação
Modelar...

* Modelar com massa e argila formas circulares, esféricas, achatadas nos pólos (como tomate), ovais (como cenoura), cilíndricas (como pau de vasoura), quadrangulares (como tijolo), etc.

Bordar...

* Enfiar macarrão e contas (de plástico e de madeira) em fio de náilon ou cordão. De início, as contas e o macarrão terão orifícios graúdos e o fio será bem grosso e firme. Numa segunda etapa, o material deverá ter orifícios menores e os fios deverão ser mais finos e flexíveis.
* Alinhavar em cartões de cartolina com um fio de ponta dura.

Manchar e traçar...

* Fazer os quatro exercícios seguintes usando iniciamente giz de cera e depois pincel e tinta, lápis de cor e lápis preto:

1. Fazer manchas em folha de papel, livremente.
2. Fazer manchas dentro de figuras grandes.
3. Fazer manchas sobre uma linha.
4. Fazer manchas entre linhas paralelas, de início distantes depois mais próximas.

* Traçar Riscos, fazer pontos e traçar linhas, nos mesmos limites dos quatro exercícios anteriores e usando os mesmos materiais sugeridos para aqueles exercícios.
* Passar andando por dentro de caminhos feitos com cordas estendidas no chão, como pré-requisito para realizar os exercícios que se seguem.
* Com o giz de cera, passar um traço entre duas linhas paralelas. O desenho das paralelas é o oferecido pronto em papel sulfite.
* No papel sulfite entre duas linhas paralelas, traçar várias linhas com o giz de cera, cada uma de uma cor (traço do arco-íris).